Justiça libera retomada da dragagem no Porto de Santos

A Tribuna

Uma liminar concedida pela Justiça à Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), nesta terça-feira (1º), permite a retomada da dragagem de manutenção do canal de navegação e acesso a berços de atracação do Porto de Santos. Os serviços estavam suspensos desde o dia 26 de julho.

De acordo com a estatal, a liberação dos serviços foi obtida após pedido de suspensão de execução de liminar impetrado no Tribunal Regional Federal da 3º Região de São Paulo, em 26 de julho, mesmo dia em que foi notificada sobre a determinação judicial.

A Codesp informou que, ainda nesta tarde, se reúne com a empresa responsável pelos serviços para definir como os trabalhos serão retomados.

A determinação de paralisação da dragagem foi fruto de uma ação judicial movida pela Boskalis do Brasil contra a Autoridade Portuária, que alegou que a continuidade dos serviços interferia na obra para a qual foi contratada.

 

Comments are closed.