Amport investe no aumento do calado dos portos do Arco Norte

Portos e Navios

No dia 1º de agosto, após ter desatracado de um dos terminais do Porto de Vila do Conde, foi realizada com sucesso a manobra do navio “MV Bulk Holland”, que navegou com segurança pelo canal do Quiriri, com 13,50 de calado, sob a orientação da Marinha do Brasil. “Trata-se do primeiro navio carregado com este calado, e nossa meta é viabilizar a navegação com o calado de até 14m, disse Paulo Ivan, presidente da Associação dos Terminais Portuários e Estações de Transbordo de Cargas da Amazônia (Amport).

Desde 2016, a Amport tem investido na instalação da Estação Maregráfica no canal do Quiriri, que realizará o monitoramento meteoceanográfico para o aproveitamento máximo das variações da maré, permitindo o aumento do calado nos trechos críticos à navegação no canal.

Este investimento, uma parceria da Amport com a Marinha do Brasil e outras entidades, viabilizará a navegação segura no canal do Quiriri, incrementando a atividade econômica da região e permitindo o acesso de navios de maior calado e capacidade de carga ao porto de Vila do Conde, tornando-o ainda mais competitivo para atender a demanda internacional.

Amport

A Amport representa as empresas que possuem Terminais Portuários de Uso Privativo (TUP), Estações de Transbordo de Cargas (ETC) e os Arrendatários de Instalações Portuárias e tem como finalidade contribuir para o fortalecimento da cadeia logística e infraestrutura do corredor logístico do Arco Norte.

Comments are closed.