Preço dos aços: fechamento da primeira quinzena de janeiro/2020

Infomet

À exceção da Barra Chata, que apresentou aumento em seu preço de aproximadamente 7%, os demais Índices dos Aços ficaram praticamente estáveis na prévia de fechamento do mês de janeiro, que compreende a coleta de dados feita até o dia 15 do mês.


Fechamento dos Índices dos Aços da primeira quinzena de janeiro de 2020 em relação à dezembro de 2019

Expectativa de aumento para janeiro

As siderúrgicas brasileiras de aços planos planejaram seus aumentos nos preços dos aços a partir deste mês de janeiro. O percentual de aumento para o mercado em geral deve ficar ao redor de 10%, no entanto o aumento ainda não foi observado para os produtos planos, conforme tabela acima.

Especificamente para montadoras de automóveis, que têm negociações anuais em separado, o reajuste em discussão é de até 7,5%.

Comportamento do preço dos aços no ano de 2019

– BQ
A variação do Índice do Aço Laminado à Quente (BQ), no ano de 2019, foi de -7.34%. O Índice diminuiu de 177 para 164.

– BF
A variação do Índice do Aço Laminado à Frio (BF) foi de -4.27%. O Índice diminuiu de 164 para 157.

– CG
A variação do Índice do Aço Chapa Grossa (CG) foi de -1.84%. O Índice diminuiu de 163 para 160.

– Barra
A variação do Índice da Barra Chata foi de +2.38%. O Índice aumentou de 168 para 172.

– Tubo
A variação do Índice do Tubo Industrial Redondo foi de +1.22%. O Índice aumentou de 164 para 166.

– Sucata
A variação do Índice da Sucata Ferrosa foi de -6.54%. O Índice diminuiu de 130 para 121.5.

– Galvanizado
A variação do Índice do Aço Galvanizado foi de -2.29%. O Índice diminuiu de 153 para 149.5.

Novos Indicadores

Ao final do primeiro semestre deste ano, o Infomet disponibilizará novos Indicadores. Serão disponibilizados os Índices dos seguintes produtos: arame farpado, arame ovalado, vergalhão e galvalume.

Clique aqui para acompanhar a evolução dos preços dos aços no mercado nacional.