Nippon Steel tem prejuízo após baixa contábil de US$ 3,6 bilhões

Dow Jones

A Nippon Steel informou nesta sexta-feira que teve prejuízo nos nove primeiros meses do ano fiscal de 2020, encerrados em dezembro, devido à deterioração de condições de mercado, que a levaram a fazer uma baixa contábil de US$ 3,61 bilhões, relacionada às atividades no Japão.

A companhia relatou que, no período de nove meses, teve prejuízo de 357,38 bilhões de ienes (US$ 3,25 bilhões), revertendo o lucro de 206,6 bilhões de ienes apurado um ano antes. O prejuízo só no terceiro trimestre fiscal ficou em 396,1 bilhões de ienes. A expectativa de analistas era de lucro de US$ 7,3 bilhões.

A receita nos nove meses caiu 2,2%, para 4,47 trilhões de ienes. No período de outubro a dezembro, o faturamento ficou em 1,42 trilhão de ienes, também abaixo do esperado pelo mercado.