Governo desiste de enviar reforma administrativa ao Congresso

Poder 360

O governo desistiu de enviar ao Congresso projeto para realizar a reforma administrativa, que mudaria as regras para contratação, reajuste salarial e progressão de carreira para funcionários públicos.

O Planalto vai apoiar a tramitação de projeto que já está em discussão no Congresso e enviar contribuições para o texto –assim como decidiu fazer em relação à reforma tributária.

Contribuiu para a decisão o desgaste do ministro Paulo Guedes (Economia), que causou reações de servidores e políticos da oposição e até mesmo da base aliada do governo ao comparar funcionários públicos a “parasitas. O ministro chegou a pedir desculpas, mas sindicatos e entidades que representam a categoria rechaçaram.